"A amamentação é uma superpotência!": Esta mensagem é dirigida a todas as mães!


Deidre Turner, mãe de três filhos, já passou cinco anos excitantes como mãe hoje. Em 2012, seus gêmeos viram a luz do dia - apenas três anos depois, o filho Max os seguiu e fez a família completa!

Além dos muitos desafios que uma vida com três filhos pequenos traz, Deidre fez uma tarefa particularmente difícil: Max teve problemas para amamentar. Seu filhinho não conseguiu sugar o leite materno de seu próprio seio.

Para a mãe tripla, uma experiência frustrante e igualmente dolorosa: os mamilos permanentemente inflamados e os seios inchados causavam uma dor estranha.

"Eu entendi que essa habilidade era um presente"

Deidre começou a bombear o excesso de leite e doou para as mães a quem foi negada essa habilidade por razões de saúde. Sua vontade de ajudar outras mães trouxe-lhe uma visão importante:



Apesar de toda a dor, noites sem dormir e tentativas fúteis, Deidre de repente encontrou a amamentação de um presente que a natureza lhe dava - uma espécie de superpoder que toda mulher no mundo deveria celebrar!

Para manter esses pensamentos positivos em mente, Deidre fez uma tatuagem.

Sobre a obra de arte em sua pele, Deidre diz:

"Eu compartilhei essa imagem porque é especialmente importante para mim, pessoalmente, é a área da minha vida em que eu faço coisas extraordinárias, não posso dançar, cantar, costurar ou pintar, não estou acima da média ou de outra forma Mas eu posso fornecer aos meus bebês leite materno e disponibilizá-los a outras mães que têm dificuldade em produzir o leite, mas ainda assim não querem perder o leite materno.



Espero dar coragem a outras mães que têm o mesmo caminho difícil e doloroso que eu tenho feito. Esse talento especial deve ser celebrado, assim como qualquer outra habilidade especial! "

Dr Lair Ribeiro Tribulus Terrestris faz o que a Testosterona faz sem os efeitos Indesejáveis (Agosto 2020).



Aleitamento materno, dor, superpotência