Amy Winehouse: Seus maiores sucessos não são mostrados no palco

Os maiores sucessos de Amy Winehouse (1983-2011, "Frank") não voltarão ao grande palco. Um show holograma comemorando o cantor de soul, que morreu em 2011, deve sair em turnê no final de 2019. Holograma base, a produtora do programa, anunciou o cancelamento em um tweet.

O holograma base é especializado em combinar música ao vivo e apresentações de dança com holografia e realidade aumentada. Artistas falecidos são projetados no palco como figuras. No desenvolvimento do desempenho da Winehouse, os responsáveis ​​foram, segundo a Tweet, "encontraram desafios e sensibilidades especiais".

Mas a empresa não quer desistir do projeto ainda, e promete aos fãs trabalhar para encontrar uma maneira de criar uma produção criativamente espetacular. Esta deve ser "a herança de Amy no mais alto nível adequadamente apreciada".



Planos foram feitos desde o outono de 2018

No outono passado, o Holograma Base anunciou os planos para a turnê - e recebeu a bênção de Mitch Winehouse (69), pai do cantor. A empresa também trabalhou em estreita colaboração com a Fundação Amy Winehouse, que se dedica ao combate à dependência e à prevenção de adolescentes.

Amy Winehouse morreu de envenenamento por álcool com a idade de 27 em 23 de julho de 2011, depois de anos de sofrer de dependência de álcool e drogas. Com o álbum "Back to Black", os britânicos fizeram sua grande conquista em 2006 e venceram em sua carreira, entre outros seis Grammys.

EXIT: The Appeal of Suicide (Janeiro 2020).



Amy Winehouse, Tour, Amy Winehouse, Holograma, Tour 2019, turnê cancelada